MBA em Relações Governamentais

1) Público alvo: 

Profissionais que desejem ampliar os conhecimentos na área de Relações Governamentais como forma de maximizar o resultado da organização e sua sustentabilidade.

O caráter interdisciplinar do curso contribuirá para a formação acadêmica de administradores, advogados, cientistas políticos, economistas, profissionais de comunicação social, relações internacionais, relações públicas e demais profissionais que já atuam na área de Relações Governamentais ou que nela desejem atuar.

O curso destina-se também a gestores e demais executivos que busquem aperfeiçoar competências relacionadas à atividades desenvolvidas entre o setor privado e o Governo em todas as suas esferas. Todos devem possuir Graduação completa e ter no mínimo 03 anos de experiência profissional relevante. 

 

2) Diferenciais:

Trata-se do primeiro programa formatado exclusivamente para a profissionalização das atividades de representação dos interesses e relações do setor privado com os órgãos públicos. 

O curso está estruturado em 3 núcleos: Estado e Governo; Comunicação e Direito e Economia. Traz um abrangente rol de disciplinas voltadas para o desenvolvimento de competências específicas de um profissional de relações governamentais.

Porém, o grande diferencial do MBA em Rel. Gov. da FGV MGM são os workshops. Eles foram concebidos como espaço para que inovações, tanto teóricas quanto práticas, sejam apresentadas aos alunos por renomados profissionais da área. Os workshops tem como objetivo conjugar teoria e prática, a partir da simulação de um problema real de uma organização, em que os alunos irão desenvolver um caso de relações governamentais com a progressiva materialização das experiências adquiridas ao longo do curso, com a apresentação e discussão dos diferentes estágios de desenvolvimento. 

 

3) Habilidades/competências esperadas para o egresso:

desenvolver capacidades para monitorar e influenciar, idealmente de maneira proativa, as oportunidades e ameaças relacionadas ao ambiente externo da organização, seus principais parceiros econômicos, concorrentes, agências reguladoras, órgãos governamentais (nas três esferas - federal, estadual e municipal) e demais agentes externos. 

Ao final do curso o aluno deverá ser capaz de, por meio de um conjunto complementar de competências específicas, utilizar de forma estratégica a atividade de Relações Governamentais para contribuir de forma significativa para o atingimento dos objetivos e metas empresariais. 

 

Clique aqui para mais informações:

RJ

SP

BSB